Peeling

Boa Tarrrde!!!
Gente, milhões de perdões por não ter vindo antes, tive muitíssimo trabalho e problemas em relação a minha cirurgia e alguns pessoas essa ultima semana. Quase enlouqueci! Mas estou aqui!
Sobre a cirurgia, vou fazer um post especial com meus problemas e indignação. E colocarei na aba Gastroplastia.

Hoje vim falar do Peeling!
Estamos na melhor época para fazê-lo, pois no inverno as pessoas tendem a ficar mais em casa e menos expostas ao sol. Sabemos que esses processos são bem doloridos e com a recuperação demoradinha… até 2 semanas!
Existem vários tipos de peelings, mas no geral o objetivo é remover a camada superficial da pele por um composto de substâncias químicas. Isso faz diminuir as linhas de expressão, rugas e marcas de acnes e espinhas. Os peelings vão de suaves, chamados superficiais até os bastante agressivos. Quando mais profundo for o peeling, maior resultado a pessoa terá. Então vai ai um pouco sobre casa um, a matéria saiu hoje No Espelho Meu, da Veja.

Peeling superficial
Suaviza manchas escuras como melasma, manchas solares ou manchas causadas por espinhas. Melhora ainda a textura e o viço da pele. Por ser superficial, são necessárias várias sessões, de 3 a 5, com intervalos de 2 semanas em média. A vantagem deste tipo de peeling é a recuperação simples. A vermelhidão e a descamação que se seguem não são tão intensas quanto no peeling médio ou profundo, e não é preciso se afastar das atividades do dia a dia na fase de recuperação. Em menos de uma semana a pele já estará boa.

Peeling médio
Sua penetração é maior, o que o torna mais efetivo que o superficial. Clareia manchas causadas pelo sol e suaviza rugas. O peeling médio é usado para melhorar pele de rosto, mãos e braços. Justamente por ter maior penetração, a agressão é maior, causando maior incômodo após a aplicação. A pele fica avermelhada por um ou dois dias, quando então formam-se crostas escuras seguidas de descamação intensa. Por alguns dias a aparência não é das melhores. A proteção solar durante a recuperação deve ser mais rigorosa. Dependendo do resultado, é possível repetir a aplicação, dessa vez com intervalo mensal ou maior.

Peeling profundo
É o mais radical, indicado para rosto muito envelhecido e muito marcado por rugas. Mesmo sendo profundo, dá para escolher o grau de profundidade variando a dosagem do composto químico aplicado. Em qualquer dessas escolhas a agressão é grande e o tratamento é doloroso, geralmente feito sob sedação e em centro cirúrgico. Durante a recuperação, é preciso ficar em casa por duas semanas ou mais. Os cuidados no pós- peeling são ainda mais rigorosos que os anteriores, incluindo curativos e cremes emolientes ou cicatrizantes. O resultado, por outro lado, é uma melhora muito grande da pele, tanto para manchas quanto para rugas.

E vc, ja fez ou faria peeling???

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s